terça-feira, 6 de maio de 2014

Marketing & Idéias: Quantidade excessiva de product placement em "O Espetacular Homem-Aranha 2" gera críticas de especialistas.

 
A ferramenta product placement já mostrou sua força com cases impressionantes no cinema. Quem não se lembra da bola Wilson, em “O Náufrago”, estrelado pelo ainda jovem Tom Hanks? Os americanos são incrivelmente hábeis nessa prática, que por aqui ainda chamamos de “merchandising”.
 
A lógica é simples; se o filme precisa introduzir o público na história dando ares realistas às cenas, por que os produtos precisam ser fictícios ao invés de reais? Por outro lado, para as marcas, nesse cenário onde a atenção das pessoas é cada vez mais disputada, estar presente dentro de histórias pode ser uma maneira de fincar raízes e atingir o coração do espectador.

O problema é o exagero. Um filme não pode ser apenas um comercial e as inserções de marcas nas cenas não podem ser forçadas. Pelo menos essa a visão da maioria dos especialistas. Não à toa, o Business Insider criticou veementemente o volume de aparições da marca Sony no filme “O Espetacular Homem-Aranha 2”, que estreou ontem nos cinemas brasileiros.

A produção é da própria Sony, o que pressupõe um product placement natural, mas a quantidade de inserções realmente impressiona. O título utilizado pelo BI na matéria é “A quantidade de colocações de produtos Sony no filme ‘O Espetacular Homem-Aranha 2’ é ridícula”. “Eu posso entender que a qualquer momento um laptop é mostrado, e que ele vai ser um VAIO. Eu vou mesmo acreditar que Parker tem um telefone celular Sony. Entretanto, numa outra cena que está destinada a ser emocional entre Peter e sua tia May, e quando a câmera se afasta um pouco, há uma televisão Sony na cabeceira de Parker. Ugh!”, critica a jornalista Kirsten Acuna, dona do texto.
 
“Simplesmente não é crível. Nós não vivemos em um mundo com apenas Sony”, conclui Acuna.
Confira abaixo essa imagem promocional que exibe o quarto de Parker e as várias inserções da marca:
 
 
 
 
Fonte: www.adnews.com.br
Postar um comentário