terça-feira, 20 de maio de 2014

Marketing & Idéias: A origem dos nomes das grandes agências de publicidade.

 
 
Se você já pensou em abrir um negócio, certamente também refletiu sobre qual nome daria a ele. O Adnews contatou algumas das principais agências de publicidade do País para saber qual a origem de seus nomes.

Por que a Africa é Africa e não Ásia? O que é o 9 da DM9? Essas e outras respostas você encontra abaixo.

Africa
Segundo a própria agência, o nome Africa foi escolhido por ser entendido internacionalmente e ainda homenagear um povo que em muito repercutiu na cultura brasileira. Apesar de ser uma agência brasileira, as suas campanhas têm presença global através de clientes como Itaú e Budweiser, por exemplo.
 
Agnelo Pacheco Comunicação
Segundo o próprio Agnelo, a agência ia se chamar Soft. Em 1985, quando deixou a Norton, ele tinha escolhido o nome Soft Criação & Propaganda. “Entretanto, assim que saíram as primeiras notícias, recebi uma ligação de um senhor de Campinas, dizendo que já tinha, com seus dois filhos, uma agência chamada Soft”, explica o publicitário que não teve opção a não ser escolher o Agnelo Pacheco Comunicação, mesmo não querendo colocar o próprio nome no negócio.
Apesar da relutância, a decisão se mostrou acertada.  “Eu já era reconhecido no mercado e as portas se abriram mais rapidamente”, explica ao Adnews o criador do bordão “Tomou Doril, a dor sumiu”.
Mas ele ressalta: seu nome verdadeiro tem dois L’s, "Agnello". Ou seja, seu desejo inicial de não colocar o próprio nome na agência é cumprido até hoje. De certa forma.
 
AlmapBBDO
Almap significava, originalmente, Alcântara Machado Publicidade. O nome é composto pelas iniciais dos antigos sócios da agência, os irmãos José de Alcântara Machado e Caio de Alcântara Machado. Nos anos 70, após a entrada do lendário Alex Periscinoto na sociedade, a agência mudou para Alcântara Machado Periscinoto Publicidade.
Quando a agência foi vendida para Marcello Serpa e José Luiz Madeira, em 1993, o nome já estava consolidado e permaneceu. A sociedade com a BBDO - formada pela fusão da BDO (Barton, Durstine & Osborn) e Batten Co - fez a agência virar a AlmapBBDO, praticamente no mesmo ano.
 
Artplan
A Artplan nasceu, há 46 anos, como house-agency do grupo imobiliário Veplan - vendas e planejamento. Grupo este que, algum tempo depois, se tornaria Multiplan.
E como, desde o começo, a agência entende que criação e planejamento devem andar sempre juntos, surgiu o nome Artplan (Arte e planejamento).
 
DM9DDB
Nascida originalmente na Bahia em 1975, a marca DM9 leva até hoje o nome de seu fundador, o publicitário Duda Mendonça. O '9', por sua vez, não possui significado especial, é apenas o espelho do ‘d’, escrito com letra minúscula, do início do nome.
O DDB veio já nos anos 90, anos depois da compra da marca feita por Nizan Guanes, quando a agência passou a fazer parte da rede Doyle Dane Bernbach, fundada por Maxwell Dane, James "Ned" Doyle, e William Bernbach em 1949.
 
DPZ
A agência por trás de clássicos da propaganda nacional traz em seu nome as iniciais dos sobrenomes de seus fundadores: Roberto Duailibi, Francesc Petit e José Zaragoza.
 
JWT
JWT representa as siglas do fundador da agência, James Walter Thompson. Ele era um homem de muitos talentos. Depois de servir como marinheiro a bordo do USS Shenandoah durante a Guerra civil, Thompson conseguiu emprego em um bureau de mídia, vendendo espaços em publicações religiosas e sendo pioneiro no uso da publicidade em revistas femininas. Quando ele finalmente conseguiu adquirir o escritório, por $500 (além de um extra de $800 pela mobília), o renomeou com seu próprio nome – J. Walter Thompson.
A partir daí, começou a mudar a indústria para criar o que hoje conhecemos como modelo de agência de publicidade moderna. Sob sua supervisão, J. Walter Thompson criou o departamento de criação e contratou a primeira mulher Diretora de Criação da história, trouxe clientes estrangeiros para os Estados Unidos e levou a expertise americana para fora – Quando abriu o primeiro escritório internacional em Londres, em 1899.
Iniciando com apenas uma fatia de negócio da Chesebrough-Ponds em 1886, J. Walter construiu uma carteira de importantes clientes – incluindo Unilever, que segue com a agência por mais de 100 anos. Seu império contabilizava $26.8 milhões em faturamento interno no ano de sua morte – 1928.
 
Ogilvy & Mather Brasil
Um dos nomes acima você certamente já deve ter ouvido falar. Ogilvy vem de David Mackenzie Ogilvy, fundador da rede. Bem menos conhecido é Edmund Mather. Diferentemente do primeiro, famoso por seus livros e frases emblemáticas, a rede recebeu o sobrenome de Edmund, pois ele era sócio da Mather & Crowther, agência londrina parceira de David que, nos 60, acabou se fundindo à agência do lendário publicitário.
 
WMcCann
O W vem de W/Brasil, agência de Washington Olivetto, que inclusive inspirou uma canção do Jorge Ben Jor “Alô, Alô W/Brasil”. McCann vem de McCann Erickson e que, inicialmente, obteve este nome como resultado da junção de duas agências pioneiras: The H. K. McCann Company, inaugurada em 1912, e The Erickson Company, fundada em 1902.
A WMcCann surgiu em 2010, resultado do casamento da W/Brasil com a McCann Erickson. Foi a junção do pioneirismo e tradição da McCann, com a popularidade da W/Brasil. Uma união de trajetórias diferentes, mas de sonhos similares. Um casamento baseado na comunhão de ideias, que juntou um dos maiores nomes da publicidade brasileira – e um dos maiores da mundial – com o tradicional grupo.
 
Y&R
A Young & Rubicam recebeu o nome de seus fundadores, John Orr Young e Raymond Rubicam, que em 1923, na Filadélfia, iniciaram o império conhecido nos dias de hoje.
 
 
Fonte: www.adnews.com.br
Postar um comentário